8 de setembro de 2021 - Por Germano Bedin

Autoridade de marca

Por Alex Nascimento, Diretor de Estratégia, Pesquisa & Data Strategy da Sunbrand/G5 e Sócio ARP

Autoridade vem do termo latim auctoritas, agindo como autor (auctor), mas no sentido de uma figura de liderança, associado a auctus, particípio de augere, entendido por aprimorar. Tornar-se uma autoridade no seu segmento, no entanto, demanda um conjunto de esforços contínuos: é uma maratona e não apenas um sprint.

É preciso ter consciência do seu ambiente competitivo e das suas limitações ou potenciais, ser coerente durante o processo de formulação estratégica e, por fim, consistente em todos os níveis de entrega do negócio. Tornar-se autoridade é sinônimo de conquistar a admiração dos seus públicos.

O processo de evolução da autoridade de marca pode ser comparado a uma pirâmide ou um funil. No primeiro estágio, temos as marcas em um profundo estado de commoditização. Ou seja, simétricas. Sua entrega e comportamento é muito semelhante, o que dificulta a sua diferenciação.

Para se atingir o segundo estágio, é necessário evangelizar o mercado ou consumidores, ter uma entrega tão relevante, capaz de tornar consumidores em seguidores e advogados de marca. Sem credibilidade, não há autoridade. Esse é, talvez, o aspecto mais importante para ser autoridade em sua marca.

Quando um negócio atinge esse estágio, passa a ter um importante processo de construção de marca como aliado: a influência. Além do seu processo de emissão de comunicação formalizado, passa a contar com esses discípulos que ajudam a amplificar e ramificar ainda mais a comunicação de uma marca.

Esse processo contínuo que direciona entrega (soluções, produtos, serviços) x relacionamento x comunicação, legitima a proposta de marca, e a eleva a um posto máximo: o de autoridade.  A Autoridade de marca é fundamental para a construção do diferencial competitivo de um negócio. Afinal, quem é reconhecido como referência tem mais credibilidade dentro de sua especialidade. E, consequentemente, mais clientes fiéis e engajados, atingindo um nível máximo de reputação.

Compartilhe


Deixe um comentário